close
logorovivo2

TIROS: Cabeleireiro é sequestrado no trabalho e sofre tentativa de homicídio

De acordo com a polícia, a vítima estava trabalhando no momento em que o suspeito Tiago L. G. S., 23, chegou no local armado com uma pistola

RONDONIAOVIVO

9 de Março de 2019 às 08:16

TIROS: Cabeleireiro é sequestrado no trabalho e sofre tentativa de homicídio

FOTO: (Ilustrativa)

O cabelereiro identificado como Carlos Milton S. C., 36, foi sequestrado e sofreu tentativa de homicídio a tiros no final da noite de sexta-feira (08) enquanto trabalhava em um salão de beleza na Rua Lageado, bairro Costa e Silva, zona Norte de Porto Velho (RO).

 

De acordo com a polícia, a vítima estava trabalhando no momento em que o suspeito Tiago L. G. S., 23, chegou no local armado com uma pistola. Ele abordou primeiro um cliente da vítima que estava cortando o cabelo. Após verificar que o rapaz não estava armado, o suspeito apontando a pistola para a cabeça do cabeleireiro exigiu que a vítima fosse dirigindo seu carro junto com ele em direção a BR-319. A vítima relatou que durante o trajeto o suspeito muito transtornado afirmava que ia estourar seus miolos. 

 

O cabeleireiro então teve a ideia de parar o veículo para abastecer em um posto de combustível na Avenida Imigrantes com Farquar. Em um momento de descuido do suspeito, a vítima conseguiu segurar a arma e durante a luta corporal dois tiros foram disparados, sendo que um atingiu de raspão o braço do cabelereiro e o assoalho do carro.

 

Após isso, o cabeleireiro conseguiu tomar a arma do suspeito e apontou para ele não se aproximar. Neste instante, o suspeito evadiu-se no carro. Dois policiais militares à paisana que passavam pelo local sem saber ainda do ocorrido abordaram o cabeleireiro que estava muito assustado com a pistola na mão e a princípio o detiveram por porte ilegal de arma de fogo.

 

Uma guarnição da PM foi acionada e após averiguações constatou que o cabeleireiro realmente era a vítima de toda a situação e o liberaram. A pistola calibre 380 foi apreendida com dez munições e através de consulta pela numeração foi descoberto que ela está registrada no nome de um homem no Estado de São Paulo, mas não possui registro de roubo ou furto. O suspeito Tiago está sendo procurado.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS