close

CAPITAL: Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Em julho deste ano, a vereadora encaminhou o Oficio n° 84/2019 à Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SEMTRAN), cobrando celeridade no Processo Licitatório do Transporte Coletivo

ASSESSORIA

20 de Setembro de 2019 às 15:00

CAPITAL: Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

FOTO: (ASSESSORIA)

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Capital.Os transtornos sofridos pelos usuários já se arrastam por anos. A quantidade de veículos, não atende a necessidade da população, a frota é antiga e a maioria dos ônibus se encontra em péssimas condições, sempre com o risco eminente de quebrar.

 

Desta vez a parlamentar foi procurada pelos acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), que relataram o sofrimento enfrentados por eles, todos os dias na linha Campus Unir. A linha tem a frota reduzida, os veículos não tem o mínimo de conforto, o calor é imenso, por conta da falta de um ar condicionado e o risco de o carro quebrar é grande. 

 

"Não podemos aceitar uma situação como essa. Toda a população tem sofrido com um Transporte Público de péssima qualidade. Os alunos da UNIR/RO, assim como a população em geral, devem ter o direito de ir e vir assegurado", destaca Cristiane.

 

Em julho deste ano, a vereadora encaminhou o Oficio n° 84/2019 à Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SEMTRAN), cobrando celeridade no Processo Licitatório do Transporte Coletivo. Em resposta ao Ofício, a Secretaria alegou que o processo está na Superintendência Municipal de Licitações (SML), que é responsável pela licitação. Além disso, Cristiane Lopes participou de diversas reuniões de uma comissão que ajudou a detectar problemas no Processo Licitatório realizado anteriormente.

 

"Vou cobrar mais uma vez, em plenário e através de oficio, a agilidade no processo e que os problemas da população, em especial dos acadêmicos da Unir sejam solucionados o quanto antes. O Executivo Municipal não pode terminar esse mandato sem resolver esse problema", finalizou a parlamentar.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS