close

ESPAÇO ABERTO: Verba pública de 74 milhões para fundação mantida pelo PSL

Confira a coluna do Cícero Moura

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

23 de Julho de 2019 às 08:39

ESPAÇO ABERTO: Verba pública de 74 milhões para fundação mantida pelo PSL

FOTO: (Divulgação)

200 MILHÕES EM 2020

 

As fundações mantidas por partidos políticos, que quase ninguém sabe quais são e o que fazem, terão direito a mais de R$ 200 milhões de dinheiro público para gastarem como bem entenderem e sem prestar contas ao contribuinte. O montante é oriundo do Fundo Partidário. Só este ano serão pagos R$ 927 milhões às agremiações, que são obrigadas por lei a transferir pelo menos 20% disso para as fundações.

 

MAIS CONHECIDAS

 

Perseu Abramo (PT), Teotônio Vilela (PSDB) e Ulysses Guimarães (MDB) são fundações mais conhecidas e quem mais faturou até hoje.

 

CHEGANDO COM TUDO

 

O Instituto de Inovação e Governança (Indigo), do PSL, é novo rico. Até 2018 recebia poucos milhares e agora terá ao menos R$74 milhões.

 

OBRIGATÓRIO

 

Todo partido político registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral deve manter uma instituição. Sem fiscalização, viram cabides de emprego.

 

MAIS CARO QUE HABITAÇÃO

 

 

Somado ao fundo eleitoral de R$3,7 bilhões, incluído pelo relator Cacá Leão na LDO, partidos custarão mais que o Minha Casa Minha Vida.

 

PARTIDOS BILIONÁRIOS

 

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) não foi aprovada, mas o relator, Cacá Leão (PP-BA), incluiu “super fundo eleitoral” para 2020. Somado ao fundo partidário, garantirá quase R$5 bilhões para partidos.

 

COMPARAÇÕES

 

Na maior rede social do planeta, Lula tem 3,9 milhões de seguidores, Dilma outros 3 milhões e Haddad, 1,8 milhão. Os filhos de Bolsonaro têm, somados, 4,3 milhões. Menos da metade dos 9,6 milhões do pai.

 

ALGO TEM QUE SER FEITO

 

Após identificar falhas no Processo Judicial Eletrônico que criam mais burocracia e dificultam acesso à justiça sem acelerar a tramitação, o Tribunal de Contas deu prazo de 180 dias para o Conselho Nacional de Justiça apresentar um plano de ações para resolver esses problemas.

 

DESMORONOU

 

desmoronamento na margem esquerda do rio Madeira dentro do perímetro correspondente ao sítio histórico da Estrada de Ferro Madeira Mamoré revela uma situação já prevista. Não  é o primeiro incidente registrado na faixa da beira do rio desde o início do processo de instalação das usinas do Madeira, Jirau e Santo Antônio, onde a faixa de terra vem sendo derrubada paulatinamente. Em agosto de 2016, um desbarrancamento nessa mesma região afundou mais de 10 carretas com produtos tóxicos dentro do rio.

 

SANTO ANTÔNIO

 

Atualmente o perímetro da EFMM vem passando por uma obra de revitalização tocada por uma empresa contratada pela UHE Santo Antônio, que afirmou não ser possível ainda relatar quais foram às causas que levaram ao incidente, porém um levantamento está sendo realizado. Técnicos  estão no local e em breve será publicada uma nota esclarecendo os fatos.

 

DEFESA CIVIL

 

Sem acesso ao local, que está sob competência da UHE Santo Antônia, a Defesa Civil de Porto Velho irá verificar o que houve e estudar medidas do que pode ser feito para garantir a segurança na região. A área está isolada desde o ano passado e não houve nenhum registro de feridos ou danos materiais significativos. Mas, o barranco está se acabando e chegando mais perto do patrimônio histórico.

 

SUSPENDEU

 

 

O ministro Tarcísio Freitas, titular da pasta da Infraestrutura, mandou que a ANTT suspendesse a nova Tabela do Frete Rodoviário. Foi a única alternativa encontrada pelo governo Bolsonaro para conter a crescente onda de protestos dos caminhoneiros autônomos, que ameaçavam com greve nacional.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS