close
logorovivo2

DNIT: Léo profere nota de desagravo à obra da Ponte de Riozinho

"Infelizmente conhecemos a BR-364 como a rodovia da morte", desabafou o deputado estadual Léo Moraes

MAPPING.COM

14 de Novembro de 2018 às 14:30

Com obras transtornantes espalhadas pelos eixos da rodovia federal mais importante do Estado de Rondônia, a BR-364 sentido Cuiabá (MT) no trecho que corresponde a Ponte do Riozinho, Distrito da cidade de Cacoal (RO), uma das mais importantes para a economia do respectivo Estado. Foi anunciada hoje (13) através de Ofício, que o reparo engenhoso da Ponte não tem cronograma. Ou seja, por tempo indeterminado homens e máquinas ficarão de serviço para melhor atender a população.

 

Contudo, a mesma população exige do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) explicações plausíveis quanto a trafegabilidade, pois o desvio como rota alternativa, é uma trajetória retrógrada, que afeta economicamente o tempo e o espaço do fluxo terrestre de encomendas comerciais.

 

O deputado estadual Léo Moraes (PODEMOS) repudiou a investida do DNIT em realizar a obra da Ponte de Riozinho em período do inverno amazônico, pois o descontentamento da sociedade com a infraestrutura da rodovia, já é anunciada há anos.

 

"Infelizmente conhecemos a BR-364 como a rodovia da morte", desabafou o deputado estadual Léo Moraes. De acordo com o parlamentar estadual, a população é a primeira no circulo cronológico do fato a ser informada, pois é a sociedade que será afetada no primeiro plano da obra. Segundo Léo, o debate sobre reparos paliativos, megas construções e até privatizações da BR-364 são temáticas que devem ser discutidas com a sociedade.

 

Sobretudo, na visão do legislador Léo Moraes os modelos de terceirização e privatização não podem ter as suas decisões tomadas, sem antes consultar a população do Estado de Rondônia. Por fim, Léo Moraes encaminhou Ofício para o DNIT solicitando todos as informações do projeto da Ponte de Riozinho. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS