close
logorovivo2

IGNOROU: Vereadora acusa Prefeito de Porto Velho de omissão no escândalo do cal

Ela afirma que o caso está no Tribunal de Contas e que ninguém foi punido até hoje

RONDONIAOVIVO

16 de Agosto de 2018 às 10:34

No mês de março, desse ano, uma denúncia feita pelo Rondoniaovivo mostrou a dimensão do descaso com o dinheiro público na Prefeitura de Porto Velho. O fato ficou conhecido como o ‘Escândalo do Cal’ e chamou a atenção pela quantidade do produto adquirida pela administração municipal: 125 mil quilos do pó branco, ou seja, quase três carretas de 40 toneladas. 

 

A falta de uma explicação convincente por parte da prefeitura para tal compra feita pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Básicos(SEMISB) fez com que um grupo de vereadores formado por Ada Dantas(PMN), Alexis Palitot(PTB) e Ellis Regina(PC do B) decidissem apurar o que de fato ocorreu. Após investigarem a denúncia, eles elaboraram um relatório que foi entregue ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público.

 

 A vereadora Ellis Regina disse que o caso está sendo acompanhado de perto. “Há duas semanas estive nesses órgãos para saber sobre o andamento e fui informada que as investigações estão sendo feitas”, informou.

 

Ela se disse surpresa que o caso estourou no início do ano e a prefeitura nada fez sobre a situação. “Mesmo o Tribunal de Contas tendo acatado a denúncia, nada foi feito. O município deveria ter procurado saber sobre as acusações e feito, pelo menos, uma investigação interna. Inclusive, tem um senhor por nome de Aldami Belo que recebeu o cal e deveria distribuir para as equipes de trabalho. Quando tentamos saber junto as equipes quanto foi usado, as contas não fecharam. O prefeito se omitiu”, declarou.

 

 

SAIBA MAIS

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS