close
logorovivo2

GOLPISTA: PC tenta prender estelionatário que comprou caminhonete com depósito vazio

Os policiais seguem investigando outros suspeitos

RONDONIAOVIVO

15 de Novembro de 2018 às 10:24

GOLPISTA: PC tenta prender estelionatário que comprou caminhonete com depósito vazio

FOTO: (Rondoniaovivo)

A Polícia Civi, por meio do 3° DP de Porto Velho identificou e tenta prender mais um suspeito de crime de estelionato e outros crimes que atua mediante aplicação do "Golpe do Depósito Vazio" fraudulento. O criminoso utilizou -se de anúncio no OLX realizado pela vítima que pretendia vender honestamente sua caminhonete F1000 utilizando a divulgação do veículo no site OLX.

 

Ocorre que o estelionatário ao perceber o anúncio manteve negociação com a vítima, inclusive fechando o negócio e o tendo da vítima a assinatura do recibo DUT com o qual tomou posse do veículo após indicar  a vítima o depósito do valor que já havia realizado na conta bancária da mesma. Já na posse do veículo o estelionatário deslocou-se até o interior do Estado onde obteve junto a um cartório local o reconhecimento de firma como comprador e em seguida fez a transferência dos documentos do veículo para seu nome.

 

Neste espaço de tempo a vítima constatou que o depósito feito pelo comprador do veículo era fraudulento e que havia caído no golpe, ficando sem o veículo e com um prejuízo considerável.

 

A equipe do 3° DP obteve a foto do estelionatário e cópia dos documentos que utilizou, o qual ainda se encontra na posse do veículo ou possivelmente já teria revendido para terceiros.

 

O Delegado encarregado das investigações, Nestor Paulo Romanzini explicou que estelionatários vêm agindo no Estado na prática do golpe, muitas vezes mantendo por meio de contatos e mensagens no Whatsapp mais de uma vítima ludibriada ao mesmo tempo e pede a colaboração da população para localizar o suspeito que se encontra em local incerto e não sabido, bem como alerta a população para que somente faça entrega de bens vendidos após confirmar com o gerente da conta bancária o dinheiro na conta.

 

Segue foto do suspeito e documento que vem utilizando o qual pode se tratar de documento falso contendo dados de possível outra vítima.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS