close
logorovivo2

SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital

A presa, que possui 4 filhos e se encontra grávida, não possui antecedentes criminais e informou não conhecer as pessoas que a contrataram, bem como para quem as drogas seriam entregues no Rio de Janeiro/RJ

DA REDACÃO

5 de Novembro de 2018 às 12:49

SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital

FOTO: (Pf)

A Polícia Federal, através da Delegacia de Repressão a Drogas (DRE), prendeu, na madrugada de segunda-feira (05.11.2018), uma passageira por tráfico interestadual de drogas no momento em que embarcava no Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira com destino ao Rio de Janeiro/RJ.

 

Durante fiscalização de rotina no aeroporto a passageira foi flagrada na posse de duas bagagens despachadas contendo em seu interior aproximadamente 28kg (vinte e oito quilos) de maconha do tipo “Skunk”.

 

A passageira prontamente confessou ter recebido as malas em Manaus/AM, onde reside, se deslocando até Porto Velho/RO de ônibus, local onde embarcaria em um voo com destino ao Rio de Janeiro/RJ, sendo que receberia a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais) pelo transporte.

 

A presa, que possui 4 filhos e se encontra grávida, não possui antecedentes criminais e informou não conhecer as pessoas que a contrataram, bem como para quem as drogas seriam entregues no Rio de Janeiro/RJ.

 

Ao término do flagrante foi encaminhada ao IML para submissão a exame de corpo de delito e, em seguida, encaminhada ao Presídio Provisório Feminino, onde permanecerá à disposição da Justiça Estadual.

SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital
SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital
SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital
SKUNK: PF prende grávida com 28 quilos de maconha no aeroporto da capital
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS