close
logorovivo2

UPA LESTE : Bando invade consultório médico, quebra móveis e exige atendimento

Homens ameaçaram funcionários dizendo que iam buscar armas para resolver a situação

RONDONIAOVIVO

26 de Outubro de 2018 às 09:08

UPA LESTE : Bando invade consultório médico, quebra móveis e exige atendimento

FOTO: (Divulgação)

A noite de quinta-feira(25) foi movimentada na Unidade de Pronto Atendimento Leste,  localizada na avenida Mamoré, no bairro Lagoinha, em Porto Velho. O motivo foi a grande demanda de pacientes e poucos médicos atendendo no local.

 

Essa situação faz com que essas unidades de saúde fiquem sobrecarregadas, já que por falta de informações as pessoas continuem procurando esses locais para fazerem consultas que deveriam ser feitas nas Unidades Básicas de Saúde. As UPA’s são destinadas apenas aos casos de urgência e emergência.

 

 

Nas UPA’s os pacientes são classificados por cores, sendo amarelos para casos urgentes e verdes para os nãos urgentes. A confusão começou quando os verdes foram informados que só seriam atendidos após os amarelos.  Algumas pessoas devido a demora ficaram revoltadas e passaram a ofender os funcionários com xingamentos e exigindo atendimento.

 

Cerca de dez pessoas mais exaltadas chegaram a invadir o consultório do médico plantonista que estava atendendo a uma criança. O pai em pânico agarrou o filho enquanto os invasores pressionavam o médico perguntando se seriam atendidos ou não.

 

 

O médico disse que só seriam atendidos após os amarelos, o que aumentou a ira do grupo. Eles começaram a bater nas mesas com capacetes, jogar cadeiras para todos os lados e ameaçar os funcionários.

 

Dois homens que estavam no grupo, saíram do local, prometendo voltar armados e resolver a situação na bala. A Polícia Militar foi acionada e com a chegada da viatura, os ânimos se acalmaram.

 

 

Os funcionários e os PM’s explicaram aos pacientes como funcionam as UPA’s, a classificação por cores e as diferenças para as UBS’s. Em seguida, os policiais saíram em diligência à procura dos homens que haviam ameaçado os funcionários e que retornariam ao local armados.

 

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS