close
logorovivo2

VÍDEO: Investigação conjunta resulta na prisão do suspeito do furto de avião

Homem já teria trabalhado para donos da aeronave

RONDONIAOVIVO

6 de Novembro de 2018 às 17:49

Uma investigação conjunta entre as Polícias Militar de Rondônia e Mato Grosso, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal pode estar perto de elucidar o mistério do furto do avião Cesna 206, ocorrido na madrugada da última segunda-feira(05), no aeroporto de Cacoal, e de propriedade das empresas Violato.

 

Os policiais com bases nas imagens das câmeras de segurança do aeroporto, acreditam que identificaram um dos participantes do furto. O suspeito é conhecido como Naldo e está sendo investigado também por outros crimes ocorridos em Mato Grosso. Ele foi localizado e preso na cidade mato-grossense de Aripuanã.

 

O Rondoniaovivo teve acesso exclusivo aos vídeos do aeroporto de Cacoal, com imagens feitas durante o furto do avião e que estão sendo utilizadas pela polícia nas investigações do crime. Naldo é considerado um piloto experiente e conhecido nas regiões de Cacoal e Mato Grosso, no entanto, está sendo investigado por suspeitas de participação em alguns crimes. Ele inclusive já teria trabalhado para os proprietários do Cesna.

 

 

O crime

               

No dia do crime, o avião estava em um hangar no aeroporto, que teve o cadeado arrombado. Em seguida, os bandidos teriam feito ligação direta e levado a aeronave. “É um avião seguro e muito visado por bandidos, que usam para fazer coisas erradas. No Mato Grosso é muito comum esse tipo de roubo. Acredito que deve ter ido para a Bolívia”, contou o proprietário do avião, Luís Violato.

 

 

Outra informação é a de que o vigilante do aeroporto percebeu que durante a madrugada um avião também de pequeno porte estava sobrevoando o local e, por esse motivo, ele acendeu as luzes da pista, conforme o protocolo. O homem disse que não viu o avião decolando. Acredita-se que o avião furtado tenha levantado vôo, no momento em que as luzes foram acesas e o segundo avião também sumiu.

 

Luís informou também que o avião não tinha seguro e está avaliado hoje em 450 mil dólares. Ele pede que quem tiver informações que possam levar a localização do avião, pode entrar em contato pelos telefones 98112-75809(Rafael) ou 98111-8766(Fábio).  

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS