close
logorovivo2

FRAUDE: Funcionário é preso após gastar quase R$ 2 mil com o cartão da patroa

Ela costuma deixar o cartão com os funcionários, mas afirmou não passar a senha

OLIVRE

14 de Novembro de 2018 às 11:16

FRAUDE: Funcionário é preso após gastar quase R$ 2 mil com o cartão da patroa

FOTO: (olivre)

Um jovem de 26 anos foi preso nesta terça-feira (13) depois de ser denunciado pela patroa, de 48 anos, por ter utilizado o cartão de crédito dela sem autorização e gastado quase R$ 2 mil.

 

A patroa, dona de uma empresa de uniformes no Centro de Cuiabá, acionou a Polícia Militar afirmando que um de seus funcionários, contratado há pouco tempo, teria utilizado seu cartão indevidamente.

 

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher tem costume de deixar seu cartão de crédito com os funcionários, para que comprem coisas para a empresa, porém, ela percebeu que foram feitas compras em locais que ela não havia solicitado, inclusive em uma distribuidora de bebidas.

 

Segundo o relato da vítima aos policiais, ela não dá a senha do cartão para os funcionários. Normalmente, ela entrega o cartão, pede a compra e, no momento do pagamento, dá a senha para o caixa do estabelecimento, por telefone.

 

Porém, sem que ela autorizasse, ou fosse avisada, o cartão foi utilizado duas vezes em uma distribuidora de bebidas, passando o valor de R$ 500,00 em cada vez, em uma empresa de peças de motocicleta (uma compra de R$ 477,00 e outra de R$ 45,00), em uma loja de roupas (R$ 264,94) e em um posto de combustível (R$ 45,00).

 

A equipe policial entrou em contato com o suspeito, que confessou ter realizado as compras com o cartão da patroa, sem a autorização dela. Com ele, ainda foi encontrado o comprovante da compra feita na loja de peças de motocicleta.

 

Ele foi detido e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. O caso foi registrado como fraude, motivada por ambição.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS