close
logorovivo2

DECADENTE: Porto Velho gerou apenas 79 empregos em 2018, segundo o Ministério do Trabalho

A capital ficou atrás de Rolim de Moura (304), Ariquemes (138), Pimenta Bueno (262) e Candeias do Jamari (159)

RONDONIAOVIVO

23 de Outubro de 2018 às 15:55

DECADENTE: Porto Velho gerou apenas 79 empregos em 2018, segundo o Ministério do Trabalho

FOTO: (Divulgação)

Porto Velho está ficando cada vez mais atrás em seu desenvolvimento econômico em relação aos municípios do interior do Estado. Em 2018, segundo dados do Ministério do Trabalho, a capital só gerou 79 empregos formais (carteira assinada) entre janeiro e agosto.

 

O número não chega a ser desastroso, pois em 2017 houve um saldo negativo de 1.028 (demissões), mas demonstra a diferença econômica entre a capital e os grandes municípios do Estado: Cacoal, por exemplo, gerou 476 vagas, Ji-paraná 795 e Vilhena 712 empregos.

 

Porto Velho ficou atrás ainda de Rolim de Moura (304), Ariquemes (138), Pimenta Bueno (262) e Candeias do Jamari (159). No Estado inteiro, o setor de comércio, serviços e administração pública tem sido a salvação da lavoura na economia, segundo dados do Ministério do Trabalho.

 

Dias atrás, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) divulgou uma projeção sobre as vendas de final de ano e prevê um decréscimo de 1,7% no país na oferta de empregos temporários, apesar de um crescimento de 2,3% nas vendas, em relação ao ano passado. 

 

Confira a tebela: 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS