close
logorovivo2

SPA: Médica fala sobre patologias de emergência

A médica, Vanessa Borges fala sobre duas patologias de emergência como gastrenterite aguda e crônica, e malária

ASSESSORIA

12 de Fevereiro de 2018 às 08:13

SPA: Médica fala sobre patologias de emergência

FOTO: (Divulgação)

A gastrenterite é uma inflamação aguda que compromete os órgãos do sistema gastrointestinal. O problema é mais comum no verão e em locais sem tratamento de água, rede de esgoto, água encanada e destino adequado.

 

A gastrenterite pode ser provocada por vírus, bactérias e parasitas, que podem ser transmitidos pelo ar, pela mão em contato com a boca e por intoxicação alimentar. Uma das bactérias mais comuns é a Salmonela, encontrada em frango e ovos crus.

 

Alimentos conservados com pouca higiene e sem refrigeração podem favorecer o acúmulo de micro-organismos que causam a gastrenterite

 

Entre os sintomas comuns da gastrenterite estão:

 

  • Febre
  • Enjôo
  • Diarréia
  • Vômitos
  • Dores abdominais
  • Perda de peso
  • Perda de apetite
  • Desidratação.

 

Malária

 

Malária é uma doença infecciosa febril aguda transmitida pela picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por Plasmodium.

 

Sintomas de Malária

 

Os sintomas mais comuns são: calafrios, febre alta (no início continua e depois com freqüência de três em três dias), dores de cabeça e musculares, taquicardia, aumento do baço e, por vezes, delírios. No caso de infecção por P. falciparum, também existe uma chance em dez de se desenvolver o que se chama de malária cerebral, responsável por cerca de 80% dos casos letais da doença. Além dos sintomas correntes, aparece ligeira rigidez na nuca, perturbações sensoriais, desorientação, sonolência ou excitação, convulsões, vômitos e dores de cabeça, podendo o paciente chegar ao coma.

 

A médica diz que o Hospital de referência para portadores de malária é o CEMETRON, porém em caso de emergência o paciente é internado no Hospital Tiradentes e os medicamentos específicos para essa patologia, de posse do receituário médico o motorista da Astir, com o carro de apoio, vai a esse Centro de Medicina Tropical retirar os medicamentos que são distribuídos gratuitamente pelo SUS. Outros medicamentos para a sintomatologia o Hospital Tiradentes tem na farmácia.

 

O Presidente do Conselho Administrativo da Astir (CONSAD), SGT PM RR Fábio Macedo assegura que o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) e o Hospital Tiradentes ficam de plantão 24 horas, 7 dias por semana para atendimento e se for o caso internação dos associados. “O Hospital Tiradentes passou por reformas como climatização, pintura, móveis e outros, tornando-se referência em humanização na área hospitalar da associação”, disse Fábio.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS