close
logorovivo2

FELICIDADE:Comer sozinho faz mal à saúde; saiba porquê

O estudo apurou que comer as refeições sozinho está mais associado ao sentimento de infelicidade

DA REDAÇÃO

26 de Junho de 2018 às 13:36

FELICIDADE:Comer sozinho faz mal à saúde; saiba porquê

FOTO: (Divulgação)

Um grupo de investigadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, questionou mais de oito mil indivíduos com o intuito de averiguar como as pessoas comuns podem aumentar a sua qualidade de vida, no dia a dia.

 

O estudo apurou que comer as refeições sozinho está mais associado ao sentimento de infelicidade, comparativamente a qualquer outro fator (excluindo doenças mentais).

 

Os acadêmicos concluíram que quem fazia as refeições sem ter companhia apresentava um nível de felicidade 7,9 pontos mais baixo ao se comparar com quem come com alguém ao lado. 

 

A incidência de condições do foro mental registrou a maior associação negativa com mal estar. Os inquiridos que sofriam de ansiedade, depressão, de ataques de pânico ou com comportamentos compulsivos, registraram um índice de felicidade inferior à média, em 8,5 pontos.

 

Partilhar refeições com outras pessoas mostrou-se um indicador determinante, tendo em conta o bem estar geral, sendo 0,22 pontos mais elevado; assim como ter tempo suficiente para realizar tarefas (0,36); uma vida sexual satisfatória (0,44) e dormir bem (0,93).

 

Os investigadores salientam que os resultados apontam para a importância de interagir cara a cara com outras pessoas, como forma de alcançar e preservar a felicidade.

 

Isto porque outras formas de contato social, incluindo falar com os vizinhos e sair com os amigos ou estar fisicamente com a família, foram associados a maiores níveis de felicidade, enquanto que enviar mensagens pelo celular, e-mails ou outros tipos de interação digital, incluindo nas redes sociais, não acrescentou aos índices de contentamento.

 

“A qualidade dos nossos relacionamentos e passar tempo com outras pessoas, de maneira presencial e não digitalmente, pode de fato melhorar a nossa qualidade de vida: nada bate o poder da ‘simples’ interação humana. Devemos estar mais juntos, comer mais vezes juntos e compartilhar mais momentos juntos!”, disse um dos pesquisadores.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS