close

ESTADUAL: Marcio Parreiras avalia participação do Barcelona no Rondoniense-2020

Com cinco pontos ganhos, o Índio do Norte divide a quarta colocação na classificação do grupo B com o Guaporé, porém leva desvantagem no critério de saldo de gols (-5 contra -2 do adversário) e segue na luta contra o rebaixamento no Estadual

FUTEBOL DO NORTE

24 de Março de 2020 às 10:51

ESTADUAL: Marcio Parreiras avalia participação do Barcelona no Rondoniense-2020

FOTO: (Divulgação)

O técnico do Barcelona Futebol Clube, Márcio Parreiras, fez uma análise sobre a participação até o momento do clube na disputa da primeira fase do Campeonato Rondoniense 2020. Com cinco pontos ganhos, o Índio do Norte divide a quarta colocação na classificação do grupo B com o Guaporé, porém leva desvantagem no critério de saldo de gols (-5 contra -2 do adversário) e segue na luta contra o rebaixamento no Estadual. A BetGold, marca confiável pertencente à Ogaming, que é regulamentada pela Malta Gaming Authority (de acordo com rigorosas regras de licenciamento), contratou um novo gerente de probabilidades para fornecer algumas das melhores chances quando a temporada começar novamente.

 

"O Barcelona começou muito bem a competição onde chegou a liderar mas com a contusão do capitão Thiaguinho e com expulsões de alguns atletas isso acabou prejudicando a campanha do clube durante a competição estadual. Temos um grupo reduzido com umas das folhas mais baixas do campeonato, mas jogamos de igual para igual com todos os adversários na competição", pontuou o treinador Márcio Parreiras.

 

Para o técnico do Índio do Norte, a ausência do meia Thiaguinho fez com que o time perdesse o ponto de referência em campo e, com isso, a equipe acabou sofrendo derrotas consecutivas na sequência da competição estadual, inviabilizando a luta por uma das vagas às semifinais do Campeonato Rondoniense. "Ele era o ponto de equilíbrio da nossa equipe que conta com muitos jovens jogadores. Ele (Thiaguinho) conta com a técnica, com posicionamento dentro de campo e com perda dele tive que improvisar os zagueiros Leonardo e/ou Dazumba na posição em virtude do elenco reduzido. Isso sem contar a liderança que o Thiaguinho tem em campo", acrescentou o comandante.

 

Ao final da terceira rodada do Campeonato Rondoniense deste ano, o Barcelona chegou a liderar a chave B, porém de lá para cá acumulou quatro derrotas consecutivas no Estadual 2020: 0x2 Vilhenense (no Portal da Amazônia, em Vilhena), 0x2 União Cacoalense (no Aglair Tonelli Nogueira, em Cacoal), 0x1 Ji-Paraná (no Portal da Amazônia, em Vilhena) e 2x3 Pimentense (no Aglair Tonelli Nogueira, em Cacoal). Márcio Parreiras revelou que nos últimos jogos o Barcelona esteve bem, porém sua equipe acabou sendo derrotada nos pequenos detalhes em campo. "Tivemos muitos jogos difíceis. Contra o Vilhenense estávamos melhores na partida e perdemos o clássico com dois erros individuais. Contra o União Cacoalense fora de casa foi muito estranho ter dois pênaltis na mesma partida contra a gente. Contra o Ji-Paraná veio desfalques, mais expulsões, mais dois jogadores machucados e perdemos com um gol de bola parada. Já contra o Pimentense foi um jogo atípico. Estávamos com uma partida dominada, mas desligamos do jogo e eles viraram depois da expulsão do Haitiano. Nesse jogo ainda tivemos os desfalques do Matheus, Thiaguinho, Marcelo, Congo e Yuri além disso ainda tivemos o Renan e o Alex retornando de contusões", lamentou.

 

Esta foi a primeira oportunidade de Márcio Parreiras como treinador no futebol rondoniense e o comandante fez uma avaliação sobre o trabalho à frente do Barcelona no Campeonato Rondoniense 2020. "Foi experiência muito boa e única de reencontrar alguns amigos com futebol ofensivo com posse de bola, sem esse jogo de jogar por uma bola ou fazer o jogo do cai cai que encontramos em muitos duelos contra os nossos adversários. Sabemos que quase todas equipes tinham de três a quatro vezes a folha maior do que a nossa. Mas saio de cabeça erguida com minha função desempenhada no Barcelona onde quem acompanhou meu trabalho de dia a dia pode ver o trabalho executado em campo", resumiu.

 

Márcio Parreiras fez questão de ressaltar o trabalho realizado no extracampo pela diretoria do Barcelona na temporada 2020. "O futebol é resultado sempre mas tem que ter caráter, ser honesto e fazer o trabalho bem feito dentro da realidade de cada clube. Parabéns ao Barcelona que nesse ano pagou os salários rigorosamente em dia. Também quero agradecer todos desde o presidente José Luiz até a minha comissão técnica com a presença de Isamara Costa, Totty Araújo, Luiz Henrique, Alan Alex, aos torcedores além da imprensa que sempre foi importante para a divulgação do nosso trabalho", disse o treinador do Índio do Norte.

 

Antes da suspensão do Campeonato Rondoniense pela FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) na última terça-feira, o Barcelona ainda tinha três jogos pela frente para encerrar sua participação na primeira fase da competição estadual. O Índio do Norte ainda teria pela frente os seguintes adversários: Guaporé (casa), Vilhenense (fora) e União Cacoalense (casa). O detalhe é que todos os duelos seriam realizados no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.

 

Histórico

 

Esta foi a quarta participação do Barcelona Futebol Clube, de Vilhena, no Campeonato Rondoniense. Em 2017 e 2018, o Índio do Norte ficou com o vice-campeonato estadual ao ser derrotado nas duas decisões pelo Real Ariquemes. Já, no ano passado, o Barcelona fez a pior campanha do Estadual.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS