close

ESPAÇO ABERTO: Racha interno pode melar a candidatura de Hildon Chaves à reeleição

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

2 de Dezembro de 2019 às 08:40

ESPAÇO ABERTO: Racha interno pode melar a candidatura de Hildon Chaves à reeleição

FOTO: (Divulgação)

DIVERGÊNCIAS


Embora haja um acordão para garantir que o prefeito Hildon Chaves entre na disputa do ano que vem, uma ala contraditória dentro do mesmo grupo político não vê com bons olhos a candidatura de Chaves. A desorganização interna seria o maior entrave.

 

 


FALTA DE COMANDO


Uma fonte dentro do PSDB diz que algumas lideranças estão convictas que o prefeito não tem mais força política para ditar as regras. A falta de obediência por parte de alguns secretários já seria um sinal evidente do descomando de Hildon.

 

 


CADA UM FAZ DO JEITO QUE QUER


A mesma fonte enfatiza: “O prefeito passa as determinações, como já sabem que ele raramente verifica se uma demanda foi realizada ignoram as ordens. É tudo fazendo do jeito que quer, dá para contar nos dedos quem realmente segue uma ordem repassada pelo prefeito”, esclarece a fonte.

 


NÃO HÁ PLANO B


O problema é que a confiança do tal grupo que já teria fechado com o prefeito é tão grande que não existe uma segunda opção. O PSDB tem outro nome forte dentro do partido de Hildon, e que poderia ser uma boa opção para a candidatura majoritária, a questão é que o tal nome é rechaçado por um dos caciques do grupo.

 


TUDO PODE MUDAR


Como ainda dá tempo para “viradas” e isso é tão comum na política só resta aguardar os próximos capítulos. Mas uma coisa é certa: não há unanimidade em nada, com ou sem o nome do prefeito, para as próximas eleições.

 


AVANTE


Falando em eleição, está confirmado o nome do advogado Breno Mendes como pré-candidato a prefeito pelo Avante. O deputado Jair Montes, que é líder do partido, já aprovou o nome de Breno. O advogado tem sido parceiro da CPI da Energisa e estreitado laços com vários políticos. 

 

 

 

 


SORRISO


Nesta segunda-feira (2), às 8h30, no Hospital Santa Marcelina, o Governo de Rondônia realiza a triagem que dará início a mais uma etapa do Projeto Operação Sorriso, que tem como objetivo realizar cirurgias de lábio leporino e fenda palatina.

 

NO MOTEL


O vereador José Roberto Esteves (MDB) foi cassado por unanimidade por ter usado carro oficial da Câmara de Pedro de Toledo (SP) para ir ao motel “The Queen”, em São Paulo. O caso já foi enviado ao MP.

 

 

MELHORAR O CONHECIMENTO


Cursar o Ensino Médio em tempo integral deve ser uma estratégia do governo para atingir melhores resultados. Secretário do MEC, Jânio Macedo prevê aumento de 50% com mais 500 escolas já em 2020.

 


ADICIONAL DE 125 MILHÕES


Foi anunciada, pelo ministro da Educação Abraham Weintraub, a disponibilização de R$ 125 milhões em recursos extras destinados às universidades federais. 

 

De acordo com o Governo, 65% dos recursos serão alocados na aquisição de painéis solares. O restante é para a conclusão de obras em andamento. Os recursos foram remanejados do orçamento da Secretária de Educação Superior (Sesu).

 

 

INTENÇÃO

 

De acordo com a assessoria do ministro, o objetivo é beneficiar as universidades que possuem menores condições orçamentárias de realizar esse tipo de investimento. A estimativa do Ministério da Educação é que, após a implantação dos painéis, haja redução média nas contas de luz em até 25,5 milhões/ano.

 

Os valores serão distribuídos por critério, entre todas as 63 universidades. Terão acesso a maior volume de recursos as instituições que estiverem melhor classificadas num ranking do ministério que avalia qualidade e desempenho, incluindo o menor custo por aluno

 


PLANEJAM GASTAR


Levantamento do SPC Brasil revelou que houve aumento do número de pessoas que pretendem usar o 13º salário para comprar presentes para as festas de fim de ano. Este ano serão 32% contra 23% em 2018.

 

 

MULTA DE 4,2 MILHÕES


A FIFA anunciou a exclusão perpétua do ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira. A entidade o considerou culpado pelo que todos já sabíamos, a prática dos crimes de corrupção por envolvimento em suborno e propina, entre os anos de 2006 a 2012, época em que o país foi escolhido sede do mundial de seleções.

 

 

 

 

 

VALORES

 

O ex-dirigente foi multado em 1 milhão de francos suíços, equivale a R$ 4,2 milhões de reais. A sentença ainda cabe recurso no Comitê de Apelação da entidade. Teixeira foi investigado por um esquema de propina nas negociações com empresas de mídia e de direitos de transmissões de campeonatos organizados pela CBF, Conmebol e Concacaf.  De acordo com a decisão, o malandro do colarinho branco violou o artigo 27 do código de ética da entidade, que se refere a suborno, e a punição prevista nesses casos é a proibição vitalícia de participação em qualquer atividade relacionada ao futebol.

 

 

SALDO POSITIVO


O setor público (União, estados e municípios), registrou superávit primário de R$ 9,444 bilhões neste mês. As estatísticas foram divulgadas na sexta pelo Banco Central (BC). 


Esse é o maior resultado para o mês desde outubro de 2016, quando o superávit primário chegou a R$ 39,589 bilhões.

 

 

CÁLCULOS

 

O resultado primário é formado pelas despesas menos as receitas, sem considerar os gastos com juros. Em outubro de 2018, também houve superávit: R$ 7,798 bilhões. Mês passado, o Governo Central (Previdência, BC e Tesouro Nacional) registrou superávit primário de R$ 8,545 bilhões. A meta para o setor público consolidado é de um déficit primário de R$ 132 bilhões neste ano.

 

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS