close
logorovivo2

Vanessa Mafra fala do desafio em compor o figurino de “Amor de Mãe”

"A ideia era uma coloração sépia com ar retrô”

RONDONIAOVIVO

21 de Fevereiro de 2018 às 15:34

Vanessa Mafra fala do desafio em compor o figurino de “Amor de Mãe”

O empresário Paulo Sack vive o papel de um jornalista FOTO: (Rafael Silva)

“Foi um trabalho desafiador”, afirmou a jornalista Vanessa Mafra ao falar sobre a produção do figurino dos personagens do filme “Amor de Mãe”, dirigido por Anselmo Vasconcellos, ator da Globo, produtor e diretor de cinema e teatro. “Todo o figurino foi pensando para que seja feita a coloração na edição”, ressaltou.

 

 “Quando fui chamada para executar essa função, o Anselmo já tinha uma ideia clara do figurino que queria compor”, declarou Vanessa, que fez uma verdadeira romaria pelos brechós para adquirir as peças. Aquelas em que Mafra não conseguiu nessas lojas, o jeito foi recorrer à costureira.

Os rondonienses Paulo Sack (jornalista) e Xancer no papel do capitão Anselmo

As cores básicas das roupas são verde, bege, marrom e azul. A ideia do diretor era criar um figurino atemporal. “A ideia era uma coloração sépia com ar retrô”, disse, frisando que procurou roupas com ar desgastado, já que os personagens são muito simples.

 

O jornalista, vivido pelo empresário Paulo Sack, tem um ar meio desleixado, no estilo gringo, usando sempre uma bolsa de couro a tiracolo. “Ele tem uma pitada de Sherlock Holmes – com capa e chapéu”.

 

Francine

Já a Francine, interpretada pela atriz rondoniense Leila Lopes, teve como referência a personagem Gabriela, da novela da Globo que leva o mesmo nome. “A exemplo da Gabriela, a Francine é uma garota alegre, brejeira e tem uma sensualidade inocente, sem ser proposital”.

 

Na cena gravada durante a Banda do Vai Quem Quer, a atriz usa um figurino na tonalidade de azul, mais glamouroso, encarnando uma índia Cunhã Poranga.

 

 O figurino dela é o único que tem a tonalidade azul, inclusive na cena do parto dando a ideia do manto de Nossa Senhora.

Chico Boto

O Chico Boto, interpretado por Anselmo Vasconcellos, é um personagem coringa, que apresenta duas faces – é amoroso, carismático e alegre, no entanto tem o lado mau - o pirata/guerrilheiro que mata. “Por conta disso, a composição do figurino dele foi mais diversificada. Tem momentos que se veste de palhaço e em outros está camuflado, esgueirando-se pela mata”.

 

Vanessa já trabalhou na produção de filmes para comerciais, foi responsável em adaptar visualmente a equipe da Rede Amazônica, onde trabalhou durante 15 anos, para atuar  na TV digital e produziu uma mini-novela para a Ceron/Eletrobras.

 

Roteiro/co-direção

 

O roteiro de "Amor de Mãe" é do jornalista e empresário da área de comunicação, Paulo Andreoli.  As filmagens foram realizadas durante o período carnavalesco em diversas áreas de Porto Velho.

 

A co-direção e a cinematografia é de Neto Cavalcanti. Ele é responsável também pela direção de fotografia junto com Thiago Oliveira. As imagens aéreas ficaram por conta de Rodrigo Erse.

 

Coadjuvantes

 

O filme conta com a participação de Natália Ribeiro, que faz o papel de uma índia, e o capitão da Marinha Anselmo, vivido pelo ator Xancer

Jornalista Emília Araújo

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS