close
logorovivo2

ÍNDIOS MORTOS: Indígena de 100 anos entra na contramão e bate em caminhão

As vítimas, de 60, 26 e oito anos, morreram no local; o motorista e mais uma pessoa foram encaminhadas para o hospital

O LIVRE

1 de Novembro de 2018 às 11:55

ÍNDIOS MORTOS: Indígena de 100 anos entra na contramão e bate em caminhão

FOTO: (Divulgação)

Um indígena de 100 anos causou um acidente gravíssimo ao entrar com uma caminhonete na contramão de uma rodovia que passa dentro de uma reserva indígena em Campo Novo do Parecis (404 km de Cuiabá). O acidente deixou três índios mortos e outras duas pessoas feridas.

 

O acidente envolveu três veículos, a Montana dirigida pelo indígena, identificado como Adriano Zenozokemae, de 100 anos, um caminhão Ford F-4000 e um VW UP. A colisão aconteceu na entrada da Aldeia Quatro Cachoeira.

 

Conforme o boletim de ocorrência, as pessoas que estavam no caminhão relataram que estavam vindo da cidade de Campos de Júlio (565 km da Capital), no sentido de Tangará da Serra, quando encontraram a Montana andando na contramão.

 

O motorista do caminhão teria tentado evitar a batida freando, porém, não conseguiu e bateu a frente do caminhão na porta dianteira direita da Montana e na porta traseira direita de um UP, que estava parado no acostamento.

 

O condutor do UP disse aos policiais que havia parado no acostamento para urinar. O acidente aconteceu por volta das 17h30 dessa quarta-feira (31).

 

Com a colisão, três índios morreram: Raimundo Zoinazokae, 60 anos, Ednalva Kalomizore, 26 anos, e Clarieli Loiara Neizokairoce, oito anos.

 

O motorista da Montana, Adriano, e uma vítima que não foi identificada, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo a assessoria da Polícia Civil, Adriano está internado e deverá ficar no hospital por mais alguns dias. Ele está consciente, mas sem condições de se locomover.

 

O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Campo Novo do Parecis, por volta de 00h. Já na manhã desta quinta-feira (1º), por volta das 6h30, outra equipe policial registrou um boletim em que os policiais afirmam que ficaram resguardando o trabalho da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e que os indígenas não permitiram a retirada dos veículos envolvidos no acidente, que estavam dentro da reserva.

ÍNDIOS MORTOS: Indígena de 100 anos entra na contramão e bate em caminhão
ÍNDIOS MORTOS: Indígena de 100 anos entra na contramão e bate em caminhão

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS