close
logorovivo2

Após EUA e Guatemala, Paraguai inaugura embaixada em Jerusalém

Cerimônia contou com a presença do primeiro-ministro de Israel

NOTÍCIAS AO MINUTO

21 de Maio de 2018 às 11:26

Após EUA e Guatemala, Paraguai inaugura embaixada em Jerusalém

FOTO: (Divulgação)

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, inaugurou nesta segunda-feira (21) a embaixada de seu país em Jerusalém, se tornando a terceira nação a tomar a mesma decisão que Estados Unidos e Guatemala de reconhecer a cidade como capital de Israel.

 

"A decisão soberana é um acontecimento histórico para os vínculos de amizade que unem Israel e Paraguai", disse Cartes, ressaltando que seu país compartilha "valores e princípios como democracia, liberdade, defesa dos direitos humanos e tolerância" com os israelenses.

 

Durante seu discurso, o presidente paraguaio ainda defendeu não ser "amigo de posições mornas ou ambíguas" e declarou apoio a "uma nobre e valente nação". Cartes também destacou o aniversário de 70 anos da criação do Estado de Israel, que seu "país ajudou a aderir à Organização das Nações Unidas".

 

A cerimônia contou com a presença do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que disse que seu país tem uma grande dívida de gratidão para com o Paraguai, ressaltando que "este é um grande dia" para ambas as nações e "um grande dia para a amizade".

 

A inauguração da sede diplomática acontece uma semana depois do governo norte-americano abrir sua embaixada em Jerusalém, em meio a protestos e confrontos na fronteira de Israel com a Faixa de Gaza. Na ocasião, 60 palestinos foram mortos e mais de 2 mil ficaram feridos.

 

Dois dias depois, a Guatemala anunciou a mesma medida e inaugurou sua embaixada. Logo que foi anunciada, a decisão do presidente norte-americano, Donald Trump, gerou polêmica e diversas críticas perante a comunidade internacional, já que os palestinos reivindicam Jerusalém Oriental como capital de seu futuro Estado. Com as novas embaixadas, os três países rompem uma barreira que mantinha as representações fora de Jerusalém em consequência da disputa pelo território.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS