close
logorovivo2

Preso falso olheiro que pedia nudes a jovens por vagas em times de futebol

Celular do homem foi apreendido e policiais encontraram fotos e vídeos íntimos de jovens .

EM.COM.BR

22 de Fevereiro de 2018 às 12:30

Preso falso olheiro que pedia nudes a jovens por vagas em times de futebol

FOTO: (Divulgação)

Na tentativa de realizar o sonho de ser jogador de futebol, jovens de Guimarânia, no Alto Paranaíba, enviaram fotos e vídeos íntimos para um homem, de 23 anos. O suspeito se passava por olheiro de clubes (responsável por observar jogadores de futebol das categorias de base) e prometia aos adolescentes ajudá-los a conseguir uma vaga em um time de futebol. O homem foi preso nessa quarta-feira e confessou os crimes à Polícia Militar.

 

De acordo com a corporação, F.F.S foi preso em Patrocínio, após conseguir entrar em quartos de um hotel no centro da cidade e furtar chuteiras, dinheiro e objetos pessoais de seis jogadores do time sub 17 de Guimarânia que estavam hospedados no local. A polícia divulgou apenas as iniciais do falso olheiro.

 

Depois do furto, o suspeito deixou a cidade e a PM recebeu informações de que ele teria ido para Patrocínio, na mesma região, onde foi localizado e preso. Em conversa com os policiais militares, F.F.S confessou ser o responsável por furtar os quartos do hotel e que ainda cometia o crime de estelionato e assédio sexual contra adolescentes.

 

Segundo a PM, o suspeito se passava por olheiro prometia aos jovens que iria ajudá-los a se tornarem jogadores de futebol. Entretanto, a ajuda estava condicionada ao envio de fotos e vídeos íntimos dos jovens para o celular do suspeito.

 

Ainda conforme a PM, F.F.S ainda apontou um outro homem, de 47 anos, como comparsa, mas o suspeito não foi localizado. O celular do homem foi apreendido e foram encontrados arquivos de nudez dos jovens no aparelho.

 

A Polícia Civil foi procurada para dar detalhes sobre a investigação da ocorrência, mas ainda não se posicionou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS